O link está disponível no Youtube e os desafios e vantagens do pregão eletrônico seguirão em debate na próxima Live, marcada para o dia 1º
 
Um público de mais de 330 pessoas, a maioria clientes compradores, acompanhou a primeira Live realizada pelo Portal de Compras de Compras Públicas nesta terça-feira (26), para debater e trocar experiências sobre as mudanças trazidas pelo Decreto 10.024/2019. Editado em setembro, o Decreto tornou o pregão eletrônico obrigatório para todos os municípios do país a partir de 1º de junho e ainda levanta muitas dúvidas entre prefeitos e pregoeiros, especialmente das pequenas cidades.
O CEO do Portal, Leonardo Ladeira, debateu as novas exigências legais e também as vantagens do pregão eletrônico com o advogado especializado em licitações e assessoria aos municípios, Edinando Brustolin, e o diretor-executivo do Consórcio Interfederativo Santa Catarina (Cincatarina), Elói Rönnau, que reúne 108 municípios. Eles trouxeram suas experiências na área, inclusive na utilização da plataforma do Portal.
“Foi uma experiência gratificante, agradecemos imensamente aos nossos convidados por aceitarem o desafio de inaugurar conosco esse novo canal de comunicação com os clientes do Portal – que só está começando”, anunciou Ladeira. “Faremos outras lives e traremos mais parceiros, buscando manter os nossos clientes sempre atualizados. Nosso objetivo é fomentar todo o ecossistema de compras públicas no Brasil”.
 
A Live foi mediada pela apresentadora Stella Menegucci, que ao final já anunciou a realização da próxima – será no dia 1º de junho, às 17 horas, sobre o tema “Desafios da Migração dos Processos Presenciais para os Processos Eletrônicos”. É justamente a data final em que o pregão eletrônico se tornará obrigatório para todos os municípios do país quando utilizarem recursos das transferências voluntárias da União.
 
Dessa vez, Leonardo Ladeira debaterá o tema com o superintendente de Licitações e Contratos da Secretaria de Fazenda da Prefeitura de Porto Alegre (RS), José Otávio Ferreira Ferraz, e com o advogado, consultor e professor Murilo Jacoby. Porto Alegre é o maior comprador do Portal atualmente, cliente desde 2016, e acaba de editar uma legislação própria, o Decreto 20.587, tornando o pregão eletrônico obrigatório na Administração Pública Municipal e em todos os órgãos da administração direta e indireta. Jacoby é especializado na elaboração de regulamentos de licitação e contratos e no acompanhamento de processos licitatórios, diretor-jurídico do escritório Jacoby Fernandes & Reolon Advogados Associados e também diretor-presidente do Instituto Protege Escola Brasil, que atua no apoio à eficiência da gestão pública e da segurança jurídica dos gestores e é parceiro do Portal.
A segunda Live será aberta a compradores e fornecedores.
 
A Live do dia 26 pode ser revista no canal do Portal no Youtube – https://www.youtube.com/watch?v=2DJdQAcu9kw 
O espaço também disponibilizará em alguns dias as respostas dos três participantes para as principais perguntas recebidas do público.